quarta-feira, 22 de abril de 2009

Sad...

É mais forte do que eu... Não consigo evitar...

Existe algo dentro de mim que não deixa a alegria ficar. Eu até tento, me esforço, luto, mas quando eu vejo a tristeza já invadiu.

Não há nada externo que me faça alegrar, quando isso acontece, a coisa mais difícil pra mim é sorrir, achar graça das coisas, levantar da cama. Fico totalmente perdida, sem chão, sem direção... O mais difícil também é encontrar alguém que me compreende, que me aceite como estou no momento, parece que é impossível para quem está ao redor não dirigir críticas. Mas com tudo isso, eu sei que o problema está unicamente dentro de mim e seja onde estiver a cura pra esse mal que me faz sofrer de verdade, eu vou achar. Mesmo que não saiba quando nem onde nem como...

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Something died...


Esse fim de semana foi o mais "louco" deste ano...

Em função de alguns acontecimentos banais, sem grande dimensão, algo morreu dentro de mim com relação a algumas pessoas do meu convívio, algo morreu dentro de mim com relação a mim mesma... Me sinto sem identidade, sem vida, sem chão, sem radar, sem apoio.

Por outro lado, conheci pessoas legais, uma me chamou atenção, estou empolgada e ao mesmo tempo com medo, ansiosa, querendo realizar, morrendo de vontade que dê certo, que dê fruto... mas está fora do meu controle, o jeito vai ser esperar mesmo...

Sinto uma vontade enorme de sumir, de chorar e confesso que fiquei sem vontade de continuar vivendo. Apesar dos meus sonhos e de Deus, não consigo encontrar algo que me motive a permanecer. Porque o que aconteceu esse fim de semana em todos os seus detalhes, na sua totalidade, fez mudar algo aqui dentro de mim, uma mudança que nunca eu senti antes, algo muito diferente que eu não sei explicar e essa mudança trouxe junto uma certeza: nunca mais vai ser como antes... com ninguém nem comigo mesma...

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Gratidão


Hoje o dia foi bom, tudo fluiu bem dentro de mim, me senti melhor do que nos outros dias... Fiz até um pão caseiro que eu tava morreeendo de vontade de comer. Rs.
Não aconteceu nada de diferente ou extraordinário para que eu me sentisse assim, apenas percebi, hoje, como Deus tem me privilegiado, me protegido, me guardado, me dado livramento, me poupado de tantas situações mais desagradáveis, que eu mesma desconheço... Reconheço que é mais uma oportunidade que eu tenho de orar agradecendo a Ele por todas as coisas e não pedindo, por mais difícil que possa ser.

A carne luta contra o espírito nesse sentido com força total, não querendo que eu pare para de caminhar na direção errada, contrária, mas eu sei que Deus me fortalece e me direciona para o caminho certo.

Aproveito a oportunidade também para agradecer a Deus pelas amigas que eu tenho nesse momento da minha vida: Ju, Ju Maria, Ivone, Darling, Pri... cada uma é especial à sua maneira e eu amo todas!!! Sempre peço a Deus por elas, para que Ele supra cada necessidade, cada carência, cada desejo, cada anseio... mas que também as ensine, as direcione, as proteja, as livre do mal, mostre onde está o erro e capacita-as a se consertarem, assim, num tratar particular entre elas e Ele apenas, pois só um Pai pode corrigir um filho e Deus como tal o fará perfeitamente.

Bom...assim caminho eu, rs, nessa montanha russa que é minha vida, meu interior.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Para refletir...


Nessa vida existem sim, pessoas importantes pra nós, que fazem falta, etc. Porém, não posso deixar de frizar que a mais importante de todas as pessoas é Deus nas nossas vidas, porque tudo vem Dele, tudo é Dele: o corpo que habitamos, o ar que respiramos, a família que temos, os amigos que nos cercam, o nosso trabalho, nossa capacidade de fazer (ou não) qualquer coisa. Se não fosse a permissão e o querer Dele, nada do que temos seria nosso, nós estamos de pé unicamente porque Ele quer, porque Ele tem um propósito nisso... muito maior do que pensamos ou imaginamos.

Eu sei que vivemos ansiosos por dias melhores, por realização de sonhos, por conquistas, por vitórias... Isso faz parte de nós, pois somos seres humanos, porém, tenho certeza que pouquíssimas pessoas anseiam conhecer mais desse Deus que criou o sol que nos aquece, que não criou a inteligência pois Ele é fonte da mesma, é próprio Dele. Um Deus que é o próprio amor, que detém toda sabedoria, conhecimento, entendimento, discernimento de que precisamos para viver (ou sobreviver) nessa terra.

É claro que precisamos de trabalho, dinheiro, constituir família, interagir com esse lugar que vivemos, mas também devemos lembrar que aqui não é nossa pátria, somos peregrinos neste lugar. Nosso lar está lá em cima, junto com um Deus que faz de tudo pra nos manter perto Dele, pra nos ver felizes, e que não vê a hora de se encontrar conosco...enquanto isso, fazemos de tudo para prolongar nossa estadia aqui na terra... Não estou falando de morrer pra subir, estou falando de ansiar por algo mais sublime do que status e fama aqui nesse mundo (que, convenhamos, está cada vez pior, mais sombrio...).

Essa é uma coisa que eu me alegro de sentir. Deus tem me proporcionado o privilégio de ter essa visão e eu sou muito grata a Ele por isso, pois não sou merecedora de tamanha consideração. O que seria de mim se não fosse Deus, o plano salvívico de Jesus na cruz e o mover do Espírito Santo...?

O que seria de você?...

domingo, 12 de abril de 2009

Renovação!

Ontem e hoje foram dias legais, fui visitar uma amiga que teve neném (Rafaela, uma belezinha, dooooorme que é uma beleza...rs), conversei, me distraí... estar com crianças é sempre bom... Também fui à igreja hoje o que me renovou de uma forma maravilhosa, estava precisando disso, me "situar". Acho que recuperei o fôlego para começar mais essa semana. Sempre com o pensamento voltado à mudar velhos hábitos (os maus), transformar meu caráter, melhorar minha qualidade de vida (interior), me sacrificar mais, deixar de pensar só em mim, pensar mais nos que me cercam, enfim... Isso é muito difícil de se fazer (eu que o diga), mas eu sei que uma hora vai fluir naturalmente de dentro de mim esse novo caráter, esse novo ser, essa nova vida...

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Emocionante...

video

Não deixe que subestimem o seu verdadeiro valor;

Não deixe que as pessoas te julguem incapaz e não faça isso com você mesmo;

Não desista dos seus sonhos, mesmo que por vezes eles pareçam impossíveis e irrealizáveis;

terça-feira, 7 de abril de 2009

Outono...

Acho que passo por um momento "outono" na minha vida.
Mesmo me percebendo em transformação, sinto-me estagnada. Talvez porque a mudança esteja acontecendo dentro de mim e não por fora, ao meu redor...
Aqui dentro o clima é como o desta estação: folhas secas, sol fraco, vento frio...

domingo, 5 de abril de 2009

Eu preciso...


Hoje eu acordei com vontade de ter alguém, de carinho, de construir família, de ter neném e tudo...rs. Senti vontade de abraço, de toque, de amor. Eu sei que pra ter tudo isso primeiro eu tenho que dar, mas hoje seria tão bom receber primeiro...
Aliás, todos os dias eu tenho acordado com vontade de fazer algo novo pra mim, coisas simples tipo me livrar de coisas que eu não uso mais, roupas, jogar papéis inúteis fora ou seja, me "limpar" de tudo que, digamos assim, ocupa espaço na minha vida, mas que não tem mais utilidade... renovar meu "ambiente". Me livrar também de sentimentos que me fazem mal, que não me deixam avançar rumo a uma nova cultura.
Acho que posso dizer que hoje eu acordei ansiosa, pois me sinto inquieta, como se algo importante tivesse faltando pra me completar...

sábado, 4 de abril de 2009

Deserto

Apesar de estar num momento de busca, de transformação interior, mudanças, tenho me sentido num deserto que parece não ter fim, algumas vezes avisto um oásis aqui e acolá, mas rapidamente ele desaparece no horizonte... Por ainda não conseguir avistar a terra que mana leite e mel, meu coração se desespera inúmeras vezes nessa jornada cercada de serpentes e escorpiões, provações e tentações, essa última mais "tentadora" de todas. Sinto-me tentada a desistir, a me acomodar... Mas Ele não me deixa perder o foco, Ele é a voz atrás de mim, me indicando o caminho, Ele me sustenta e me fortalece, Ele sabe o que é melhor pra mim.
Deus, através do Espírito Santo, tem me feito perceber que a mudança que tanto almejo tem de vir primeiramente de dentro... Por isso, neste deserto, Ele tem me ensinado a amar o próximo como a mim mesma, e eu nunca imaginei que seria uma tarefa tão difícil e dolorosa (!!!), é...dolorosa... Ele tem me mostrado coisas sobre mim mesma que tem me surpreendido, coisas que eu ainda não tinha sido capaz de enxergar, mas agora eu posso ver e, à partir disso, tenho pensado muito antes de abrir minha boca pra proferir qualquer "palavra" que seja e mesmo já estando consciente disto, a tarefa continua sendo árdua e eu ainda continuo falha nessa arte...
O deserto é um lugar solitário, ruim, "sol muito quente de dia, muito frio à noite", cheio de ilusões de ótica, colocando diante de você falsos oásis, mas eis o propósito desse doloroso mas importante processo da nossa vida: ser pessoas sem máscaras, de caráter puro, boa índole, que sabe se doar, amar, se entregar, ajudar, considerar... viver... Agora eu compreendo que minha maior vitória não será quando eu conseguir realizar meus projetos pessoais (fincanceiro, amoroso, familiar, etc.), mas sim quando eu conseguir vencer MEU EGO, MEU PRÓPRIO EU, A MIM MESMA...

By Melina.

Felicidade


A FELICIDADE PODE DEMORAR
Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado. Às vezes nos falta esperança. Às vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa. Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar... É nossa razão de existir. Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino. Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração pela falta de uma única pessoa. Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver, até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto. É a força da natureza nos chamando para a vida. Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade. Você entende que o que para você era amizade, para outros era apenas conveniência, oportunismo. Você descobre que algumas pessoas nunca disseram eu te amo, e por isso nunca fizeram amor, apenas transaram... Descobre também que outras disseram eu te amo uma única vez. E agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-las a reconstruir um coração quebrado. Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores importantes: a relação com a família, as condições econômicas nas quais se desenvolveu (dificuldades extremas ou facilidades excessivas formam um caráter), os relacionamentos anteriorese as razões do rompimento, seus sonhos, ideais e objetivos. Não deixe de acreditar no amor. Mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá. Manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam. E certifique-se de que quando estão juntos, aquele abraço vale mais que qualquer palavra. Esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa te deixar, então nada irá lhe restar. Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento, manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco. Pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda mais intenso, do que teria sido no passado. Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário. Existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo. A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna. A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não esteja apenas de passagem...
Luiz Fernando Veríssimo